Estudos Linguísticos N.º 9

wook 10 € Comprar

O presente volume da revista Estudos Linguísticos/Linguistic Studies dá a conhecer o trabalho desenvolvido no projeto LinCoTexto (Língua, Conhecimento e Texto), pertencente ao grupo Gramática & Texto do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (CLUNL), entre 2007 e 2012.Durante este período, os elementos do LinCoTexto dedicaram-se a refletir sobre o papel e a importância da temática como mecanismo de textualização em diversos géneros textuais. Ao longo de várias sessões de discussão,...

Saiba mais

Descrição

O presente volume da revista Estudos Linguísticos/Linguistic Studies dá a conhecer o trabalho desenvolvido no projeto LinCoTexto (Língua, Conhecimento e Texto), pertencente ao grupo Gramática & Texto do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (CLUNL), entre 2007 e 2012.Durante este período, os elementos do LinCoTexto dedicaram-se a refletir sobre o papel e a importância da temática como mecanismo de textualização em diversos géneros textuais. Ao longo de várias sessões de discussão, a partir de uma variedade de quadros teóricos linguísticos, a temática do vinho foi observada num exercício de compatibilização de abordagens e de conjugação de metodologias de análise textuais. Este trabalho foi coordenado pela Professora Doutora Maria Antónia Coutinho.O volume inicia-se com a tradução de três textos de autores francófonos que consideramos significativos para a referida área de estudos: Jean-Michel Adam, "O Contínuo da linguagem: língua e discurso, gramática e estilística", François Rastier, "Temática e Tópico" e Ecaterina Bulea-Bronckart, "É assim que vivem os signos?". A publicação destas traduções justifica-se pela conveniência de tornar mais visível a obra dos autores a um público português de investigadores e alunos de pós-graduação mais abrangente e por ter influenciado direta ou indiretamente a pesquisa realizada. Agradecemos a amabilidade de Jean-Michel Adam, François Rastier e Ecaterina Bulea-Bronckart na cedência dos artigos, originalmente escritos em francês, e destacamos que estes mesmos textos são as primeiras traduções dos autores para português europeu.[Nota Editorial]

Detalhes

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais