Por Trás da Grade

wook 40 € Comprar

Os primeiros sinais de visibilidade editorial do rosto feminino da escrita portuguesa foram dados pela produção literária originada nos mosteiros.A explicação para este facto — ainda pouco consciencializado pela história da literatura e da cultura portuguesas — constituiu a motivação e a preocupação deste livro, que percorre tem e formas dominantes da poesia produzida nos mosteiros femininos, focalizando-se em oito das escritoras mais representativas dos séculos XVI a XVIII e da diversidade de ordens...

Saiba mais

Descrição

Os primeiros sinais de visibilidade editorial do rosto feminino da escrita portuguesa foram dados pela produção literária originada nos mosteiros.A explicação para este facto — ainda pouco consciencializado pela história da literatura e da cultura portuguesas — constituiu a motivação e a preocupação deste livro, que percorre tem e formas dominantes da poesia produzida nos mosteiros femininos, focalizando-se em oito das escritoras mais representativas dos séculos XVI a XVIII e da diversidade de ordens religiosas da época: carmelitas, clarissas, cistercienses, dominicanos, agostinhas... A articulação dos textos produzidos com os ambientes em que circularam (entre a comunidade conventual e a sociedade de corte) permitiu suspeitar redes, perceber funcionalidades e ponderar diálogos textuais, que fazem das composições femininos campos férteis de intertextualidades várias.Em suma, procurou-se entender o impulso destas mulheres para a escrita, no quadro de uma sociedade e de uma organização de vida religiosa que, paradoxalmente, as vocacionava para o silêncio e para o recolhimento.

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais