História da Literatura Portuguesa - Os Seiscentistas (EBook)

wook 6.1 € Comprar

O plano da incorporação de Portugal na unificação ibérica, prosseguido pelo germanismo da Casa de Áustria pelos casamentos reais, Filipe II realizou-o habilmente, fazendo-se aclamar por cláusulas de parentesco nas Cortes de Tomar. Daí a estabilidade do seu domínio de 1580 a 1598, tendo evitado sempre afrontar o sentimento da nacionalidade. Por sua morte, o castelhanismo asfixiante e absorvente veio acordar-nos o sentimento da pátria, a aspiração da independência nacional, a que o equilíbrio...

Saiba mais

Descrição

O plano da incorporação de Portugal na unificação ibérica, prosseguido pelo germanismo da Casa de Áustria pelos casamentos reais, Filipe II realizou-o habilmente, fazendo-se aclamar por cláusulas de parentesco nas Cortes de Tomar. Daí a estabilidade do seu domínio de 1580 a 1598, tendo evitado sempre afrontar o sentimento da nacionalidade. Por sua morte, o castelhanismo asfixiante e absorvente veio acordar-nos o sentimento da pátria, a aspiração da independência nacional, a que o equilíbrio europeu deu o relevo da Revolução de 1640. Este grande fenómeno moral e histórico ocupa todo o século XVII e reflete-se vivamente na elaboração literária dos Seiscentistas.

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais