As Traduções de Ilse Losa no Período do Estado Novo

wook 25 € Comprar

Muito associada à escrita para os mais novos, Ilse Losa (1913-2006) tem uma obra literária diversificada, que compreende o romance, o conto, a crónica, o ensaio ou mesmo a poesia. Além disso, durante quase um quartel de século (com intermitências) verteu para português obras representativas da literatura alemã e mundial e, em sentido inverso, traduziu para alemão textos de autores portugueses.O acto de traduzir é a expressão mais genuína de mediação cultural. Todavia, a tradução funcionou, para Ilse...

Saiba mais

Descrição

Muito associada à escrita para os mais novos, Ilse Losa (1913-2006) tem uma obra literária diversificada, que compreende o romance, o conto, a crónica, o ensaio ou mesmo a poesia. Além disso, durante quase um quartel de século (com intermitências) verteu para português obras representativas da literatura alemã e mundial e, em sentido inverso, traduziu para alemão textos de autores portugueses.O acto de traduzir é a expressão mais genuína de mediação cultural. Todavia, a tradução funcionou, para Ilse Losa, também como uma forma de iludir a Censura e de fazer soar, através da voz de um Outro, mensagens proibidas durante o Estado Novo. Foi o que fez com obras de Bertoit, Brecht, Max Frisch, Erich Kastner e Anna Seghers.

Detalhes

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais